home_congress_post4

Reação nos preços da carne bovina no atacado


Desde o final do ano passado os frigoríficos não conseguiam impor preços maiores na carne bovina. O escoamento lento, típico para o período do ano, pressionava o mercado da carne desde então. 

Contudo, na semana passada as cotações da carne bovina reagiram no atacado sem osso. Na média de todos os cortes pesquisados pela Scot Consultoria a valorização foi de 0,6% na comparação semanal. 

Foi uma resposta a menor oferta de matéria-prima em associação com o bom desempenho das vendas para o mercado externo. 

Em janeiro, o volume total embarcado de carne bovina in natura foi de 102,4 mil toneladas, até os últimos dados de fevereiro já foram vendidas 74,7 mil toneladas. 

Se este ritmo continuar até o final do mês o total de carne bovina exportada atingirá 122,2 mil toneladas. Este seria o melhor desempenho de fevereiro da série histórica.

Por mais que somente um quinto da produção total seja destinada ao mercado internacional, este canal de escoamento ajuda a tirar um pouco a pressão do mercado doméstico.