home_congress_post4

Arroba do boi gordo fecha o mês de novembro em alta no País


Em novembro, na média de todas as praças pecuárias pesquisadas pela Scot Consultoria, a valorização do boi gordo foi de 1,2%. A título de comparação, ao longo de outubro a cotação da arroba caiu 1,0% na média de todas as regiões levantadas.

Esse cenário observado durante o penúltimo mês do ano ocorreu porque a pressão de baixa causada pelas boiadas confinadas perdeu força. Fator que acabou devolvendo a firmeza ao mercado. 

Para dezembro, os décimos terceiros salários, as contratações temporárias e as bonificações aumentam a demanda pela carne e é comum que os preços aumentem neste período. Inclusive, as consequências destes fatores já começaram a refletir no acatado sem osso, os preços dos cortes vendidos pelos frigoríficos subiram 4,0% em novembro.

A demanda por si só projeta-se positiva só em função dos efeitos da sazonalidade de dezembro, mas a economia acelerando melhora ainda mais as perspectivas.

Portanto, com o aquecimento da demanda e a oferta de gado de pasto ainda tímida, é possível que a firmeza se estabeleça nas primeiras semanas de dezembro, mas lembrando que, ao passo que o final de ano se aproxima, o volume de negócios diminui.