home_congress_post4

União Europeia propõe mais abertura a carne bovina para acelerar acordo com Mercosul


BRUXELAS (Reuters) - A União Europeia ofereceu abrir seus mercados para mais carne bovina proveniente do Mercosul, buscando concluir as negociações do que seria seu acordo comercial mais lucrativo.

Ministros de Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai, países do Mercosul, se reuniram com representantes comerciais e agrícolas da UE em Bruxelas para discutir como avançar nas negociações, travadas pelo tema da carne.

A UE melhorou sua oferta para um acesso de 99 mil toneladas de carne por ano, ante 70 mil toneladas, disseram nesta quarta-feira fontes com conhecimento do assunto, embora não estivesse claro se os volumes seriam isentos de tarifas.

O bloco europeu espera que a nova proposta leve o Mercosul a abrir mais rápido seus mercados a automóveis e produtos lácteos de países integrantes da UE e a permitir que suas empresas participantes de ofertas públicas.

A Comissão Europeia, que negocia acordos comerciais como representante da UE, descreveu as conversas de terça-feira como "construtivas" e disse que os negociadores se reunirão na sexta-feira para continuar as discussões.

O vice-presidente da Comissão Europeia, Jyrki Katainen, disse a jornalistas que as negociações ingressarão em uma "fase final" e se mostrou otimista em se chegar a um acordo.

(Por Philip Blenkinsop)